Itália

Pe. Valdir do Carmo   

14 de junho de 2020

Roteiro Dia a Dia

1º DIA14JUN(DOM)
SÃO PAULO / VENEZA (AÉREO)
Apresentação no aeroporto Internacional de Guarulhos. Embarque em voo internacional pela TAP com destino à Veneza – Jantar e pernoite a bordo

2º DIA15JUN(SEG)
VENEZA (MESTRE)
Chegada recepção e traslado ao Hotel. Tempo livre para descanso. Jantar no hotel.

 

3º DIA16JUN(TER)
VENEZA (MESTRE)
Café da manhã. Saída para uma visita à Ilha de Veneza conhecendo seus principais pontos turísticos: Praça de São Marcos, Campanário, Ponte dos Suspiros, Palácio Ducal, Basílica de São Marcos… Celebração da Eucaristia. Jantar no hotel.

 

4º DIA17JUN(QUA)
VENEZA / PÀDUA / LUCCA (390 KM – ÔNIBUS)
Café da manhã.Visita a Pádua e a Lucca. Hospedagem em Lucca e jantar no hotel.

 

5º DIA18JUN(QUI)
LUCCA / ASSIS
Café da manhã e saída para Assis: Visita à Basílica de São Francisco, Basílica de Santa Clara, Basílica de Santa Maria dos Anjos, a Porciúncula… Celebração da Eucaristia na Basílica de São Francisco. Jantar no hotel.

 

6º DIA19JUN(SEX)
ASSIS / CASSIA / LORETO (84 KM + 148 KM ÔNIBUS)
Café da manhã. Saída, vamos conhecer Cássia a cidade de Santa Rita – “A cidade da Santa das Causas Impossíveis”: quem vem para Cascia, visita por devoção a Santa Rita, a freira que foi beatificada em 1900 e que viveu entre 1381 e 1457, conhecida como um dispensador de graça e reverenciada em todo o mundo. Os lugares mais visitados são a Basílica de Santa Rita dedicada a ela e o Mosteiro onde viveu. Celebração da Eucaristia. Tempo livre para nossas orações, fotografias… Saída para Loreto. Hospedagem e jantar no hotel.

 

7º DIA20JUN(SÁB)
LORETO / LANCIANO (180 KM – ÔNIBUS)
Café da manhã e saída para visita ao Santuário da Santa Casa de Loreto é um lugar de peregrinação católico situado no município italiano de Loreto. É considerado o mais importante da Itália. Foi construído perto da casa onde, segundo a tradição medieval, o Arcanjo Gabriel anunciou à Virgem Maria a maternidade divina e onde viveu a Sagrada Família de Nazaré, casa essa miraculosamente transportada por anjos. Celebração da Eucaristia.
Continuação à Lanciano. Hospedagem e jantar no hotel.

 

8º DIA21JUN(DOM)
LANCIANO / SAN GIOVANI ROTONDO (PADRE PIO) – (155 KM ÔNIBUS)
Café da manhã. Visita ao Santuário do Milagre Eucarístico e a Catedral de Lanciano O Milagre Eucarístico de Lanciano ocorrido no século VIII, na cidade italiana de Lanciano, antigamente chamada de “Anciano”, foi a inexplicável e extraordinária transformação da hóstia em carne humana e do vinho em sangue humano, durante uma celebração litúrgica católica, sendo reconhecido como milagre pela Igreja e pela ciência. Celebração da Eucaristia. Saída para S. G. Rotondo (Padre Pio). Hospedagem e jantar no hotel.

 

9º DIA22JUN(SEG)
S. GIOVANI ROTONDO / MONTE GARGANO / S. G. ROTONDO (12 KM)
Café da manhã e após, visitaremos a Igreja do Padre Pio, o Centro Histórico, Igreja de São Leonardo… Herdeiro espiritual de São Francisco de Assis, o Padre Pio de Pietrelcina foi o primeiro sacerdote a ter impresso sobre o seu corpo os estigmas da crucifixão. Ele é conhecido em todo mundo como o “Frei”estigmatizado. Monte Gargano: Nos fins do século V, quando na cadeira de São Pedro regia a Igreja o Papa São Gelásio, um pastor que apascentava uma manada de vacas no alto do Monte Gargano, na Itália, província da Apúlia, querendo obrigar um novilho a sair de uma caverna onde se refugiara, desferiu lá dentro uma flecha, a qual retrocedeu com a mesma velocidade, vindo ferir quem a lançara.
Celebração da Eucaristia. Jantar no hotel.

 

10º DIA23JUN(TER)
SAN G. ROTONDO / MONTECASSINO / ROMA (295+144 KM ÔNIBUS
Café da manhã no hotel. Após saída para Roma passando por Monte Cassino, onde faremos uma breve visita A Abadia de Montecassino, fundada por São Bento, e as diferentes atrações turísticas em local que já foi palco de batalhas durante a Segunda Grande Guerra. Continuação para a Cidade Eterna. Hospedagem e jantar no hotel.

 

11º DIA24JUN(QUA)
ROMA CRISTÃ (AUDIÊNCIA PAPAL)
Café da manhã e saída para o Vaticano, vamos participar da Audiência Papal (este evento pode não acontecer caso o Papa esteja fora de Roma).
Após Audiência, almoço (não incluso) e em seguida visitaremos as Basílicas Papais:
Basílica de Santa Maria Maggiore: considerada uma das quatro igrejas patriarcais de Roma. Essa igreja foi construída durante o século 5 e o que mais impressiona é o seu interior, totalmente decorado com mosaicos de ouro. Fica na Piazza dell’Esquilino, entre a estação Termini e o Coliseu.
Basílica San Giovanni in Laterano: assim como a Basílica di Santa Maria Marggiore, também faz parte das quatro igrejas patriarcais de Roma. Na verdade, essa é uma das igrejas mais importantes no mundo católico, pois ela é considerada a igreja-mãe de todas as igrejas existentes do mundo, inclusive está acima da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Essa é a igreja sede do bispo de Roma, mais conhecido como o Papa. Logo após o exilio dos Papas em Avignon, ela serviu de residência antes que eles se mudassem de vez para o Vaticano. O interior é ricamente decorado, mas o que se destaca mesmo além do teto e do altar são as estátuas de vários santos, como São Paulo, São Pedro, entre outros.
São Paulo Extramuros é a segunda maior basílica de Roma, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro. Mas a principal atração da basílica está mesmo no seu subsolo. Bem embaixo do altar-maior se encontra o sepulcro daquele que dá nome à igreja: o Apóstolo Paulo.
Jantar no hotel.

 

12º DIA25JUN(QUI)
ROMA ANTIGA
Café da manhã e dia inteiro de visitas panorâmicas com guia local à:
Fontana di Trevi: é usado como reservatório de água desde a antiguidade. A fonte atual, um dos mais procurados pontos turísticos de Roma, foi construída no século 18. Dizem que jogar uma moeda na Fontana di Trevi garante mais uma visita a Roma. E acredite: isso vale pelo menos umas 20 moedinhas.
O mais impressionante de Roma são esses (muitos) pequenos momentos em que você anda por ruelas e becos bonitinhos e, meio que sem querer, esbarra com alguma maravilha que te faz tremer completamente. Vittorio Emanuelle: Não, esse não é um monumento da Roma antiga. O pomposo monumento foi inaugurado no século 20, em homenagem ao primeiro Rei e unificador da Itália, o tal Vittorio Emanuelle.
Piaza de Spagna: O conjunto conta com a fonte La Barcaccia, também do Bernini – que ficou famoso depois que o Dan Brown escreveu o Anjos e Demônios – além de uma escadaria linda, construída no século 18, e a igreja Trinità dei Monti, começou a ser construída em 1502.
Panteão: Há uma categoria de lugares que pode ser chamada de “dá vontade de chorar”. Nela se encaixa o Panteão, o único prédio da época do antigo Império que ainda está perfeito. Foi feito para ser o Templo de Todos os Deuses do mundo. Desde o século 7 é um templo católico, a Igreja de Santa Maria e Todos os Santos.
Fórum Romano: Há 2 mil anos você encontraria aqui lojas, praças e o centro comercial da cidade.
Palatino: É o morro que fica entre o fórum romano e o Circus Maximus. Diz a lenda que foi no Palatino que Roma começou a ser construída. Os palácios dos Césares também ficavam por ali, o que significa que você vai pisar onde pessoas como Tibério, Calígula e César Augusto viviam.
Circus Maximus: Fica entre os morros Aventino e Palatino. Na antiguidade era um estádio para jogos e corridas de bigas (como as do filme Bem Hur). Nele cabiam cerca de 250 mil pessoas.
Coliseu: O maior símbolo do Império e ponto turístico de Roma. No auge, o antigo estádio acomodava 50 mil pessoas, todas em busca daquilo que os romanos chamavam de entretenimento: execuções, batalhas de gladiadores e brigas de animais. Em Roma não faltava o que fazer.
Castelo de Santo Angelo: Primeira regra sobre o Castelo de Santo Ângelo: vale dizer que o Castelo é na realidade um túmulo, o do Adriano. Foi construído em 139 d.c. No século 6, durante uma epidemia que sacudiu Roma, um papa disse que um anjo estava no topo do local pronto para acabar com a doença. Desde então esse é o nome do lugar, que fica pertinho do Vaticano.
Trastevere: Tevere nada mais é que o nome italiano do rio Tibre, que corta Roma. Trastevere é o lugar que fica do outro lado do rio. Com ruas estreitas e becos simpáticos, é o local dos bares e restaurantes mais legais de Roma. Aqui os romanos passavam as noites, para beber um vinho.
Igreja de Gesù: um belo exemplo de igreja de estilo barroco. Ela pertence a ordem dos jesuítas e foi fundada por São Ignacio de Loyola, o fundador dessa ordem religiosa que tinha objetivo de servir o papa e trabalhar com obras de caridade. Essa igreja fica entre o Monumento Vittorio Emauelle II e o Pantheon. Parada para almoço (não incluso).
À tarde visita aos Museus Vaticanos com guia especializado, incluindo Capela Sistina e Basílica de São Pedro.
Celebração da Eucaristia.
Jantar no hotel.
Café da manhã e dia inteiro de visitas panorâmicas com guia local à:
Fontana di Trevi: é usado como reservatório de água desde a antiguidade. A fonte atual, um dos mais procurados pontos turísticos de Roma, foi construída no século 18. Dizem que jogar uma moeda na Fontana di Trevi garante mais uma visita a Roma. E acredite: isso vale pelo menos umas 20 moedinhas.
O mais impressionante de Roma são esses (muitos) pequenos momentos em que você anda por ruelas e becos bonitinhos e, meio que sem querer, esbarra com alguma maravilha que te faz tremer completamente. Vittorio Emanuelle: Não, esse não é um monumento da Roma antiga. O pomposo monumento foi inaugurado no século 20, em homenagem ao primeiro Rei e unificador da Itália, o tal Vittorio Emanuelle.
Piaza de Spagna: O conjunto conta com a fonte La Barcaccia, também do Bernini – que ficou famoso depois que o Dan Brown escreveu o Anjos e Demônios – além de uma escadaria linda, construída no século 18, e a igreja Trinità dei Monti, começou a ser construída em 1502.
Panteão: Há uma categoria de lugares que pode ser chamada de “dá vontade de chorar”. Nela se encaixa o Panteão, o único prédio da época do antigo Império que ainda está perfeito. Foi feito para ser o Templo de Todos os Deuses do mundo. Desde o século 7 é um templo católico, a Igreja de Santa Maria e Todos os Santos.
Fórum Romano: Há 2 mil anos você encontraria aqui lojas, praças e o centro comercial da cidade.
Palatino: É o morro que fica entre o fórum romano e o Circus Maximus. Diz a lenda que foi no Palatino que Roma começou a ser construída. Os palácios dos Césares também ficavam por ali, o que significa que você vai pisar onde pessoas como Tibério, Calígula e César Augusto viviam.
Circus Maximus: Fica entre os morros Aventino e Palatino. Na antiguidade era um estádio para jogos e corridas de bigas (como as do filme Bem Hur). Nele cabiam cerca de 250 mil pessoas.
Coliseu: O maior símbolo do Império e ponto turístico de Roma. No auge, o antigo estádio acomodava 50 mil pessoas, todas em busca daquilo que os romanos chamavam de entretenimento: execuções, batalhas de gladiadores e brigas de animais. Em Roma não faltava o que fazer.
Castelo de Santo Angelo: Primeira regra sobre o Castelo de Santo Ângelo: vale dizer que o Castelo é na realidade um túmulo, o do Adriano. Foi construído em 139 d.c. No século 6, durante uma epidemia que sacudiu Roma, um papa disse que um anjo estava no topo do local pronto para acabar com a doença. Desde então esse é o nome do lugar, que fica pertinho do Vaticano.
Trastevere: Tevere nada mais é que o nome italiano do rio Tibre, que corta Roma. Trastevere é o lugar que fica do outro lado do rio. Com ruas estreitas e becos simpáticos, é o local dos bares e restaurantes mais legais de Roma. Aqui os romanos passavam as noites, para beber um vinho.
Igreja de Gesù: um belo exemplo de igreja de estilo barroco. Ela pertence a ordem dos jesuítas e foi fundada por São Ignacio de Loyola, o fundador dessa ordem religiosa que tinha objetivo de servir o papa e trabalhar com obras de caridade. Essa igreja fica entre o Monumento Vittorio Emauelle II e o Pantheon. Parada para almoço (não incluso).
À tarde visita aos Museus Vaticanos com guia especializado, incluindo Capela Sistina e Basílica de São Pedro.
Celebração da Eucaristia.
Jantar no hotel.

 

13º DIA26JUN(SEX)
ROMA / SÃO PAULO
Café da manhã e tempo livre.
À hora determinada traslado ao aeroporto para embarque com destino à São Paulo .
Jantar e pernoite a bordo.

 

14º DIA27JUN(SÁB)
SÃO PAULO
Chegada, Recepção e tempo livre para compras no free shop.
Fim dos nossos serviços.

O QUE INCLUI
Passagens aéreas
São Paulo /Lisboa*/ Veneza//Roma /Lisboa* / São Paulo voando TAP em classe econômica


Bagagem
1 mala de 23 kg + 1 bagagem de mão de até 08 kg

11 noites de hotel
Categoria turística superior

Traslados
Traslados privativos de chegada e saída

Guia
Guia acompanhante desde o Brasil

Guia
Visita guiada em todos os passeios na Itália

Meia pensão
Café da manhã e jantar

Celebrações eucarísticas
Em locais citados no roteiro

Ingressos
Museus e igrejas

Seguro viagem
Seguro Viagem até 69 anos. A partir de 70 anos consulte suplemento no item “valores”

Gorjetas para Guia e Motoristas

Kit
Kit viagem

O QUE NÃO INCLUI

 

Bebidas e almoço;
Tudo que não estiver especificado no item "Incluído”.

 

FOTOS DO ROTEIRO

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom