Itália

Pe. Valdir do Carmo   

Roteiro Dia a Dia

1º DIA14JUN(DOM)
SÃO PAULO / VENEZA (AÉREO)
Apresentação no aeroporto Internacional de Guarulhos. Embarque em voo internacional pela TAP com destino à Veneza – Jantar e pernoite a bordo

2º DIA15JUN(SEG)
VENEZA (MESTRE)
Chegada recepção e traslado ao Hotel. Tempo livre para descanso. Jantar no hotel.

 

3º DIA16JUN(TER)
VENEZA (MESTRE)
Café da manhã. Saída para uma visita à Ilha de Veneza conhecendo seus principais pontos turísticos: Praça de São Marcos, Campanário, Ponte dos Suspiros, Palácio Ducal, Basílica de São Marcos… Celebração da Eucaristia. Jantar no hotel.

 

4º DIA17JUN(QUA)
VENEZA / PÀDUA / LUCCA (390 KM – ÔNIBUS)
Café da manhã.Visita a Pádua e a Lucca. Hospedagem em Lucca e jantar no hotel.

 

5º DIA18JUN(QUI)
LUCCA / ASSIS
Café da manhã e saída para Assis: Visita à Basílica de São Francisco, Basílica de Santa Clara, Basílica de Santa Maria dos Anjos, a Porciúncula… Celebração da Eucaristia na Basílica de São Francisco. Jantar no hotel.

 

6º DIA19JUN(SEX)
ASSIS / CASSIA / LORETO (84 KM + 148 KM ÔNIBUS)
Café da manhã. Saída, vamos conhecer Cássia a cidade de Santa Rita – “A cidade da Santa das Causas Impossíveis”: quem vem para Cascia, visita por devoção a Santa Rita, a freira que foi beatificada em 1900 e que viveu entre 1381 e 1457, conhecida como um dispensador de graça e reverenciada em todo o mundo. Os lugares mais visitados são a Basílica de Santa Rita dedicada a ela e o Mosteiro onde viveu. Celebração da Eucaristia. Tempo livre para nossas orações, fotografias… Saída para Loreto. Hospedagem e jantar no hotel.

 

7º DIA20JUN(SÁB)
LORETO / LANCIANO (180 KM – ÔNIBUS)
Café da manhã e saída para visita ao Santuário da Santa Casa de Loreto é um lugar de peregrinação católico situado no município italiano de Loreto. É considerado o mais importante da Itália. Foi construído perto da casa onde, segundo a tradição medieval, o Arcanjo Gabriel anunciou à Virgem Maria a maternidade divina e onde viveu a Sagrada Família de Nazaré, casa essa miraculosamente transportada por anjos. Celebração da Eucaristia.
Continuação à Lanciano. Hospedagem e jantar no hotel.

 

8º DIA21JUN(DOM)
LANCIANO / SAN GIOVANI ROTONDO (PADRE PIO) – (155 KM ÔNIBUS)
Café da manhã. Visita ao Santuário do Milagre Eucarístico e a Catedral de Lanciano O Milagre Eucarístico de Lanciano ocorrido no século VIII, na cidade italiana de Lanciano, antigamente chamada de “Anciano”, foi a inexplicável e extraordinária transformação da hóstia em carne humana e do vinho em sangue humano, durante uma celebração litúrgica católica, sendo reconhecido como milagre pela Igreja e pela ciência. Celebração da Eucaristia. Saída para S. G. Rotondo (Padre Pio). Hospedagem e jantar no hotel.

 

9º DIA22JUN(SEG)
S. GIOVANI ROTONDO / MONTE GARGANO / S. G. ROTONDO (12 KM)
Café da manhã e após, visitaremos a Igreja do Padre Pio, o Centro Histórico, Igreja de São Leonardo… Herdeiro espiritual de São Francisco de Assis, o Padre Pio de Pietrelcina foi o primeiro sacerdote a ter impresso sobre o seu corpo os estigmas da crucifixão. Ele é conhecido em todo mundo como o “Frei”estigmatizado. Monte Gargano: Nos fins do século V, quando na cadeira de São Pedro regia a Igreja o Papa São Gelásio, um pastor que apascentava uma manada de vacas no alto do Monte Gargano, na Itália, província da Apúlia, querendo obrigar um novilho a sair de uma caverna onde se refugiara, desferiu lá dentro uma flecha, a qual retrocedeu com a mesma velocidade, vindo ferir quem a lançara.
Celebração da Eucaristia. Jantar no hotel.

 

10º DIA23JUN(TER)
SAN G. ROTONDO / MONTECASSINO / ROMA (295+144 KM ÔNIBUS
Café da manhã no hotel. Após saída para Roma passando por Monte Cassino, onde faremos uma breve visita A Abadia de Montecassino, fundada por São Bento, e as diferentes atrações turísticas em local que já foi palco de batalhas durante a Segunda Grande Guerra. Continuação para a Cidade Eterna. Hospedagem e jantar no hotel.

 

11º DIA24JUN(QUA)
ROMA CRISTÃ (AUDIÊNCIA PAPAL)
Café da manhã e saída para o Vaticano, vamos participar da Audiência Papal (este evento pode não acontecer caso o Papa esteja fora de Roma).
Após Audiência, almoço (não incluso) e em seguida visitaremos as Basílicas Papais:
Basílica de Santa Maria Maggiore: considerada uma das quatro igrejas patriarcais de Roma. Essa igreja foi construída durante o século 5 e o que mais impressiona é o seu interior, totalmente decorado com mosaicos de ouro. Fica na Piazza dell’Esquilino, entre a estação Termini e o Coliseu.
Basílica San Giovanni in Laterano: assim como a Basílica di Santa Maria Marggiore, também faz parte das quatro igrejas patriarcais de Roma. Na verdade, essa é uma das igrejas mais importantes no mundo católico, pois ela é considerada a igreja-mãe de todas as igrejas existentes do mundo, inclusive está acima da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Essa é a igreja sede do bispo de Roma, mais conhecido como o Papa. Logo após o exilio dos Papas em Avignon, ela serviu de residência antes que eles se mudassem de vez para o Vaticano. O interior é ricamente decorado, mas o que se destaca mesmo além do teto e do altar são as estátuas de vários santos, como São Paulo, São Pedro, entre outros.
São Paulo Extramuros é a segunda maior basílica de Roma, ficando atrás apenas da Basílica de São Pedro. Mas a principal atração da basílica está mesmo no seu subsolo. Bem embaixo do altar-maior se encontra o sepulcro daquele que dá nome à igreja: o Apóstolo Paulo.
Jantar no hotel.

 

12º DIA25JUN(QUI)
ROMA ANTIGA
Café da manhã e dia inteiro de visitas panorâmicas com guia local à:
Fontana di Trevi: é usado como reservatório de água desde a antiguidade. A fonte atual, um dos mais procurados pontos turísticos de Roma, foi construída no século 18. Dizem que jogar uma moeda na Fontana di Trevi garante mais uma visita a Roma. E acredite: isso vale pelo menos umas 20 moedinhas.
O mais impressionante de Roma são esses (muitos) pequenos momentos em que você anda por ruelas e becos bonitinhos e, meio que sem querer, esbarra com alguma maravilha que te faz tremer completamente. Vittorio Emanuelle: Não, esse não é um monumento da Roma antiga. O pomposo monumento foi inaugurado no século 20, em homenagem ao primeiro Rei e unificador da Itália, o tal Vittorio Emanuelle.
Piaza de Spagna: O conjunto conta com a fonte La Barcaccia, também do Bernini – que ficou famoso depois que o Dan Brown escreveu o Anjos e Demônios – além de uma escadaria linda, construída no século 18, e a igreja Trinità dei Monti, começou a ser construída em 1502.
Panteão: Há uma categoria de lugares que pode ser chamada de “dá vontade de chorar”. Nela se encaixa o Panteão, o único prédio da época do antigo Império que ainda está perfeito. Foi feito para ser o Templo de Todos os Deuses do mundo. Desde o século 7 é um templo católico, a Igreja de Santa Maria e Todos os Santos.
Fórum Romano: Há 2 mil anos você encontraria aqui lojas, praças e o centro comercial da cidade.
Palatino: É o morro que fica entre o fórum romano e o Circus Maximus. Diz a lenda que foi no Palatino que Roma começou a ser construída. Os palácios dos Césares também ficavam por ali, o que significa que você vai pisar onde pessoas como Tibério, Calígula e César Augusto viviam.
Circus Maximus: Fica entre os morros Aventino e Palatino. Na antiguidade era um estádio para jogos e corridas de bigas (como as do filme Bem Hur). Nele cabiam cerca de 250 mil pessoas.
Coliseu: O maior símbolo do Império e ponto turístico de Roma. No auge, o antigo estádio acomodava 50 mil pessoas, todas em busca daquilo que os romanos chamavam de entretenimento: execuções, batalhas de gladiadores e brigas de animais. Em Roma não faltava o que fazer.
Castelo de Santo Angelo: Primeira regra sobre o Castelo de Santo Ângelo: vale dizer que o Castelo é na realidade um túmulo, o do Adriano. Foi construído em 139 d.c. No século 6, durante uma epidemia que sacudiu Roma, um papa disse que um anjo estava no topo do local pronto para acabar com a doença. Desde então esse é o nome do lugar, que fica pertinho do Vaticano.
Trastevere: Tevere nada mais é que o nome italiano do rio Tibre, que corta Roma. Trastevere é o lugar que fica do outro lado do rio. Com ruas estreitas e becos simpáticos, é o local dos bares e restaurantes mais legais de Roma. Aqui os romanos passavam as noites, para beber um vinho.
Igreja de Gesù: um belo exemplo de igreja de estilo barroco. Ela pertence a ordem dos jesuítas e foi fundada por São Ignacio de Loyola, o fundador dessa ordem religiosa que tinha objetivo de servir o papa e trabalhar com obras de caridade. Essa igreja fica entre o Monumento Vittorio Emauelle II e o Pantheon. Parada para almoço (não incluso).
À tarde visita aos Museus Vaticanos com guia especializado, incluindo Capela Sistina e Basílica de São Pedro.
Celebração da Eucaristia.
Jantar no hotel.
Café da manhã e dia inteiro de visitas panorâmicas com guia local à:
Fontana di Trevi: é usado como reservatório de água desde a antiguidade. A fonte atual, um dos mais procurados pontos turísticos de Roma, foi construída no século 18. Dizem que jogar uma moeda na Fontana di Trevi garante mais uma visita a Roma. E acredite: isso vale pelo menos umas 20 moedinhas.
O mais impressionante de Roma são esses (muitos) pequenos momentos em que você anda por ruelas e becos bonitinhos e, meio que sem querer, esbarra com alguma maravilha que te faz tremer completamente. Vittorio Emanuelle: Não, esse não é um monumento da Roma antiga. O pomposo monumento foi inaugurado no século 20, em homenagem ao primeiro Rei e unificador da Itália, o tal Vittorio Emanuelle.
Piaza de Spagna: O conjunto conta com a fonte La Barcaccia, também do Bernini – que ficou famoso depois que o Dan Brown escreveu o Anjos e Demônios – além de uma escadaria linda, construída no século 18, e a igreja Trinità dei Monti, começou a ser construída em 1502.
Panteão: Há uma categoria de lugares que pode ser chamada de “dá vontade de chorar”. Nela se encaixa o Panteão, o único prédio da época do antigo Império que ainda está perfeito. Foi feito para ser o Templo de Todos os Deuses do mundo. Desde o século 7 é um templo católico, a Igreja de Santa Maria e Todos os Santos.
Fórum Romano: Há 2 mil anos você encontraria aqui lojas, praças e o centro comercial da cidade.
Palatino: É o morro que fica entre o fórum romano e o Circus Maximus. Diz a lenda que foi no Palatino que Roma começou a ser construída. Os palácios dos Césares também ficavam por ali, o que significa que você vai pisar onde pessoas como Tibério, Calígula e César Augusto viviam.
Circus Maximus: Fica entre os morros Aventino e Palatino. Na antiguidade era um estádio para jogos e corridas de bigas (como as do filme Bem Hur). Nele cabiam cerca de 250 mil pessoas.
Coliseu: O maior símbolo do Império e ponto turístico de Roma. No auge, o antigo estádio acomodava 50 mil pessoas, todas em busca daquilo que os romanos chamavam de entretenimento: execuções, batalhas de gladiadores e brigas de animais. Em Roma não faltava o que fazer.
Castelo de Santo Angelo: Primeira regra sobre o Castelo de Santo Ângelo: vale dizer que o Castelo é na realidade um túmulo, o do Adriano. Foi construído em 139 d.c. No século 6, durante uma epidemia que sacudiu Roma, um papa disse que um anjo estava no topo do local pronto para acabar com a doença. Desde então esse é o nome do lugar, que fica pertinho do Vaticano.
Trastevere: Tevere nada mais é que o nome italiano do rio Tibre, que corta Roma. Trastevere é o lugar que fica do outro lado do rio. Com ruas estreitas e becos simpáticos, é o local dos bares e restaurantes mais legais de Roma. Aqui os romanos passavam as noites, para beber um vinho.
Igreja de Gesù: um belo exemplo de igreja de estilo barroco. Ela pertence a ordem dos jesuítas e foi fundada por São Ignacio de Loyola, o fundador dessa ordem religiosa que tinha objetivo de servir o papa e trabalhar com obras de caridade. Essa igreja fica entre o Monumento Vittorio Emauelle II e o Pantheon. Parada para almoço (não incluso).
À tarde visita aos Museus Vaticanos com guia especializado, incluindo Capela Sistina e Basílica de São Pedro.
Celebração da Eucaristia.
Jantar no hotel.

 

13º DIA26JUN(SEX)
ROMA / SÃO PAULO
Café da manhã e tempo livre.
À hora determinada traslado ao aeroporto para embarque com destino à São Paulo .
Jantar e pernoite a bordo.

 

14º DIA27JUN(SÁB)
SÃO PAULO
Chegada, Recepção e tempo livre para compras no free shop.
Fim dos nossos serviços.

O QUE INCLUI
Passagens aéreas
São Paulo /Lisboa*/ Veneza//Roma /Lisboa* / São Paulo voando TAP em classe econômica


Bagagem
1 mala de 23 kg + 1 bagagem de mão de até 08 kg

11 noites de hotel
Categoria turística superior

Traslados
Traslados privativos de chegada e saída

Guia
Guia acompanhante desde o Brasil

Guia
Visita guiada em todos os passeios na Itália

Meia pensão
Café da manhã e jantar

Celebrações eucarísticas
Em locais citados no roteiro

Ingressos
Museus e igrejas

Seguro viagem
Seguro Viagem até 69 anos. A partir de 70 anos consulte suplemento no item “valores”

Gorjetas para Guia e Motoristas

Kit
Kit viagem

O QUE NÃO INCLUI

 

Bebidas e almoço;
Tudo que não estiver especificado no item "Incluído”.

 

FOTOS DO ROTEIRO

 

 

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO 

Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Sábados das 9hs às 13hs 

WhatsApp: (11) 93802-9401

ENDEREÇO

Rua Mário Gonçalves de Oliveira, 153

São Paulo - SP

ATENDIMENTO APENAS COM HORA MARCADA

©2019 por Caminhos Sagrados Turismo